Páginas

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Sr. L Recomenda VI: Os Apuros de Penélope Charmosa

Eeeeei, pessoal! Antes de recomendar mais um programa, quero enfatizar a recomendação musical que fiz em janeiro. O álbum mais recente do The Bird and the Bee também é sensacional. Destaque para a faixa com o verso que dá nome ao disco, Ray Gun, que fica acima de todas as que eu colocara no top 5.

Agora sim, após o inigualável Hong Kong Phooey, trago outro clássico eterno. É a vez da icônica Penélope Charmosa.


Concordo que ela é charmosíssima, mas o título original é The Perils of Penelope Pitstop. Pitstops não são charmosos. São úteis, mas não são charmosos. ¬¬

Nesse spin-off da Corrida Maluca que desfrutei nas manhãs de segunda à sexta, às 9 h 30 min, no tempo em que o Cartoon Network era um canal melhor, o inofensivo e dissimulado Sylvester Soluço era uma espécie de tutor de Penélope. Ao colocar uma fitinha roxa na cara, ficava irreconhecível (Síndrome de Zorro) e por isso Penélope não sacava que ele era o diabólico Tião Gavião. "Eu te pego, Penélope Charmosa". Sem duplos sentidos.

O alter-ego maligno de Sylvester montava armadilhas para ela e para a Quadrilha de Morte dignas do Batman de Adam West, às vezes com a ajuda dos irmãos Bacalhau. Aliás, que armadilhas teriam vindo primeiro, as do morcego ou da rosa? Chequei na Wikipedia, e Batman começou 3 anos e 8 meses antes. Então foi Tião Gavião que se inspirou nos seus colegas vilões de Gotham City, e não o contrário.

No mundo animado, contudo, as armadilhas não precisavam respeitar Leis da Física. Tá, Batman tinha exageros também, mas Os Apuros de Penélope Charmosa apelava. Essa garota já usou tronco como mola! Tô traumatizado até hoje com essa cena.

Como eu disse na vez dele, Hong só tem 32 episódios, mas Penélope conseguiu ser mais breve ainda: 17 episódios!

A abertura tá aqui, ó, eu não ia esquecer uma coisa dessas. A estadunidense tinha outra música; a música que chegou ao Brasil (que é melhor mesmo, nós nos demos bem) é a mesma da Polônia, então, não se assustem ao ver "polish intro" no título do vídeo.

A propósito, meu povo deve ter percebido só houve desenhos na Sr. L Recomenda por enquanto. Nada contra live-action; tudo não passou de um curioso acidente. O próximo não será um desenho. Aguardem e confiem, ô, da poltrona. Ou cadeira. Quem sabe giratória.

imagens:
http://www.dvdtimes.co.uk/content.php?contentid=57620
http://www.cartoonscrapbook.com/P/perilsofpenelopepitstop1969.htm
http://animated-views.com/2005/perils-of-penelope-pitstop-the-complete-series/

3 comentários:

mariana disse...

FUCK YEAH DESENHOS ANTIGOS!
eu gostava desse, apesar de não ser um dos meus favoritos! eu gostava mais de corrida maluca, hahaha!

Nigel Goodman disse...

Eu tinha uma fita de vídeo com alguns epísódios. Da época em que não existia dvd, nem se baixava nada na internet.

caralho... um inseto gigante acabou de entrar aqui...

mas então, se você reparar eles mudaram completamente a personalidade dos personagens quando tiraram eles da corrida maluca.

Tiago Wakabayashi disse...

Concordo que ela é charmosíssima, mas o título original é The Perils of Penelope Pitstop. Pitstops não são charmosos. São úteis, mas não são charmosos. ¬¬

LOOOOL
Pitstop me dá vontade de jogar Super Monaco again o_o

Eu amo esse desenho, o assistia na finada Tv Manchete e agora estou vendo de novo nas manhãs do SBT.
Eu gosto da OP/ED.